Búzios

Escultura de Brigitte Bardot em Búzios

A cidade do Rio de Janeiro está separada da Armação de Búzios por apenas 170 km de distância. Localizada na Região dos Lagos, Búzios é um dos balneários mais conhecidos do país e concentra uma série de praias maravilhosas ricas em belezas naturais. E se o local é amplamente conhecido e grande destino turístico, se deve muito a visita de Brigitte Bardot na década de 60. A grande estrela do cinema mundial da época, fugindo dos paparazzi europeus no Rio, escolheu Búzios como seu refúgio de férias. Porém, o que era férias de verão, se estendeu por 4 meses. Após voltar novamente num verão e um reveillon, nunca mais encontrou aquela tranquilidade desejada. Sua visita deu nome a principal orla da cidade, conhecida como Orla Bardot.

Hoje Búzios é desenvolvida economicamente. Boa gastronomia, belas praias, vida noturna agitada e ótima estrutura hoteleira são destaques da cidade. São pouco mais de 20 praias em 8 km de extensão. As praias na parte norte da península, como João Fernandes e Azeda/Azedinha tem influência das correntes quentes brasileiras, por isso são mais amenas. Já as praias do Sul, são geralmente de mar aberto e águas bem frias, caso de uma das mais famosas, a praia de Geribá, Tucuns e ainda de algumas enseadas como Ferradura e Forno.

Como chegar?

Búzios, como dissemos acima, está a cerca de 170 km da cidade do Rio de Janeiro, algo em torno de 2 horas de carro ou um pouco mais de ônibus por causa da parada. Há algumas opções, vamos a elas:

  • Carro: A forma mais comum é ir de carro pela BR-101, Via Lagos e depois a RJ-106 de quem vai pelo Rio de Janeiro. Para quem desce por Minas Gerais ou Espírito Santo, BR-101, depois pela Rodovia Serramar e Rodovia Amaral Peixoto. Também de Minas, mas por Belo Horizonte, Para quem vem de Belo Horizonte, a indicação é seguir pela BR-040, Rodovia Washington Luis, BR-393 e depois pegar a BR-101 e seguir pela Manilha e Via Lagos. De Uber, a viagem custará em torno de R$300/R$350 reais, não acho que valha a pena. De táxi então, melhor nem fazer a conta.
  • Ônibus: a melhor opção de ônibus saindo da Rodoviária Novo Rio, na cidade do Rio de Janeiro, é Auto Viação 1001, que possui saídas recorrentes praticamente de hora em hora. O trajeto leva entre 3 horas/3  horas e meia com preços que variam entre R$60 e R$80 reais e nos deixa na Rodoviária de Búzios, no Centro, e que mais parece um ponto de ônibus, não se assuste. A rodoviária é muito perto das Rua das Pedras, são poucos minutos andando.
  • Aeroporto: Cabo Frio tem um pequeno aeroporto chamado Aeroporto Internacional de Cabo Frio (CFB) e recebe somente alguns voos regulares da Azul. A cidade é separada de Búzios por apenas 25 km. As outras duas opções são as mais comuns pra quem visita Búzios de fora do estado: o Aeroporto Santos Dumont (SDU) e o Aeroporto Internacional Tom Jobim, o famoso Galeão (GIG). Ambos fazem você cruzar a Ponte Rio-Niterói e seguir de carro por mais ou menos 2 horas até a Região dos Lagos. O Santos Dumont é mais perto que o Galeão.
  • Navio: Também é possível chegar de transatlântico, vários navios ficam ancorados no litoral da cidade. As dicas das praias serão mais importante, pois normalmente a estadia é muito curta, as vezes apenas manhã e um pedaço da tarde.

Onde ficar?

A localização da sua hospedagem em Búzios vai depender das suas prioridades na cidade. Estar em pousadas no Centro e nas regiões mais próximas como Humaitá, Canto, Armação e Ossos, serão locais estratégicos para curtir algumas boas praias durante o dia, principalmente se tiver de carro, item importante para os deslocamentos. Já a noite, nessas regiões você consegue ir e voltar a pé para a Rua das Pedras e Orla Bardot, sem se preocupar.

Estar hospedado na Praia Rasa é garantia de tranquilidade, porém, fica bem afastado. Não ter carro não é opção. Fica a apenas 10 minutos das Rua das Pedras quando não há trânsito e sem contar o tempo para estacionar. As Praias da Tartaruga e Manguinhos também seguem a recomendação do carro e ficam a 5 minutos do Centro, também sem trânsito.

A praia com maior extensão, mais animada e também bastante família, Geribá oferece grandes oportunidades e variedades de hospedagem. Tão agradáveis quanto Geribá, João Fernandes, João Fernandinho e Ferradura também possuem as melhores pousadas e hotéis de Búzios. A maior vantagem da hospedagem nessas praias é que você não precisa se deslocar pela manhã, não pega carro, você acorda praticamente na praia. Somente a noite, para curtir a Rua das Pedras ou Porto da Barra que será necessário um carro.

Preferimos não indicar Airbnb, hostels, pousadas ou hotéis, mas falar um pouco mais do que cada região oferece, quais são seus prós e contras. Há pessoas que não dirigem, como há pessoas que levam tudo para a praia, há pessoas que não gostam de trânsito e pessoas que não gostam de sair a noite, que curtem apenas praia e fazem a festa em casa. Para cada singularidade, é possível encontrar uma encontrar uma região que se adeque a sua preferência, necessidade ou principalmente, ao seu bolso. Pesquise as inúmeras opções!

Onde comer?

Pergunta um pouco complicada e ao mesmo tempo fácil de responder pela ampla variedade de restaurantes. Fácil de indicar, mas difícil pelo alto preço. Mas eu penso que se estamos viajando, devemos conhecer a gastronomia do local e porque não, gastar um pouco mais? Um dos mais tradicionais da culinária local é o Restaurante do Davi. Perto da Rua das Pedras, a casa possui um ambiente rústico e um menu variado, mas com frutos do mar como especialidade. Outro lugar bem legal, na Orla Bardot é o Buda Beach. Uma mistura de lounge e restaurante, que vira boate na madrugada possui um ambiente amplo, de clima oriental, com cascatas e Buda na entrada e decoração interior em madeira. No cardápio constam pizzas no forno a lenha, sushis, culinária nacional e internacional e sobremesas. A única opinião negativa é que pecam pela demora excessiva no atendimento.

Quem não pode ficar de fora da lista é o Chez Michou. Parada mais que obrigatória para quem visita a cidade e gosta de crepes doces e salgados. Tenha paciência, o local é point e vive cheio e muito disputado. O Anexo Praia é bastante conhecido na cidade e fica no complexo do Porto da Barra. É um ambiente  sofisticado, preços mais altos, bom parar curtir o pôr do sol, ouvir uma música tranquila e tomar uns drinks. E por último, mas não menos especial, uma pizzaria chamada La Tapera, muito bem recomendando como uma das melhores de Búzios. O espaço é pequeno, mas o ambiente é aconchegante e agradável, o atendimento é ótimo e os preços são justos. Nada de massa fina, são massas recheadas, diferente das tradicionais.

O que fazer?

Toda a sofisticação e infraestrutura de Búzios quando relacionados a gastronomia, vida noturna e lojas nacionais e internacionais estão resumidos a dois pontos: Porto de Barra e Rua das Pedras. O Porto da Barra, localizado em Manguinhos, é um local de moda, decoração, alta gastronomia e abriga um pôr do sol espetacular. São 14 mil metros quadrados de um projeto paisagístico. Dentro dessa área possui até um mangue hoje conseguimos ver de caranguejos a camarões. São 15 restaurantes sofisticados, alta gastronomia, com preços elevados, inclusive em tortas e sorvetes. É uma ótima alternativa para quem quer fugir da mais agitada Rua das Pedras.

A Rua das Pedras é o local mais movimentado e conhecido não só de Búzios, mas de toda a Região dos Lagos. São 600 metros de extensão, posteriormente ampliados através da Orla Bardot, sua continuação a beira mar na Praia da Armação. Na Rua das Pedras há enorme concentração de bares, cafés, creperias, galerias, artesanato, lojas de luxo nacionais e internacionais, além do polo gastronômico, música ao vivo e boates. A Orla Bardot, calçadão que liga o final da Rua das Pedras ao Cais dos Pescadores, na praia da Armação e se estende até a Praça dos Ossos, ostenta uma escultura em bronze da atriz de francesa Brigitte Bardot e também a casa noturna conhecida mundialmente como Privilège Búzios. Sobre chão de pedra ou nos decks de madeira, o passeio pela orla é uma ótima maneira de relaxar, ver o pôr do sol ou a noite, comer em algum restaurante, dançar na boate ou curtir uma música ao vivo.

Por fim, e não menos importante, muito pelo contrário, estão as praias. A grande atração de Búzios, diferenciadas umas das outras e com grandes atrativos. Conheça um pouco desse litoral  com mais de 20 praias que realmente faz jus a fama internacional:

PRAIAS

Geribá
Provavelmente a praia mais frequentada de Búzios. São quase 2 km de extensão de muito movimento, várias opções de hospedagens e restaurantes à beira-mar e também local para atividades como: surf, kitesurf,  windsurf, stand up paddle, banana boat, entre outros. Um dos points é o Fishbone, lá você encontra petiscos, bebidas, açaí e muito mais! Se der sorte, ainda consegue ver algum jogador de futebol jogando um futevôlei, esporte frequente nas areias de Geribá. Fica a no máximo 10 minutos do centro, dependendo do seu ponto.

Ferradura
É uma das praia mais tranquilas de Búzios, com mar raso e calmo, apesar de não oferecer águas transparentes. Praia excelente para quem vai com crianças e também ótima para quem não curte ondas. Não está entre as mais bonitas, mas disponibiliza para aluguel, pranchas de stand up paddle, caiaques, pedalinhos, entre outras atividades.

Ferradurinha
Filha de Ferradura, porém mais próxima de Geribá, Ferradurinha pode ser acessada facilmente a partir do canto esquerdo de Geribá durante 5 minutinhos de caminhada. Ferradurinha é uma praia tranquila, pequena, apenas 100 metros de extensão e com águas bastante claras. Não se assuste caso se esbarre com peixes ou tartarugas marinhas, é comum. Uma das mais bonitas da cidade e com acesso restrito a carros.

Tartaruga
A Praia da Tartaruga também tem águas claras (e geladas!) onde conseguimos ver os peixes, ondas fracas e quiosques típicos de madeira. Mais um lugar ideal para ir com crianças.  Também possui enorme variedade de restaurantes à beira-mar e atividades como: snorkeling, caiaque e stand up paddle.

Azeda e Azedinha
Entre a Praia dos Ossos e a Praia de João Fernandes, estão localizadas Azeda e Azedinha. A Praia dos Ossos dá acesso a duas das praias mais bonitas de Búzios. Pequenas em faixa de areia e extensão e separadas por uma pedra, ambas possuem águas claras e tranquilas. Também é possível chegar de táxi marítimo ou barco.

João Fernandes
Uma das praias mais visitadas de Búzios por causa da localização. Todos podem chegar a pé, de carro ou táxi marítimo. Além disso, com boa infraestrutura de bares e restaurantes ao longo da orla. Mais uma praia de águas transparentes, calmas e com vida marinha, ideal para a prática de snorkel e outros esportes aquáticos.

João Fernandinho
João Fernandinho é para quem procura mais tranquilidade, pois a praia é mais escondida, cercada de mata e rochas. O acesso é por uma trilha de descida íngreme no canto direito de João Fernandes, nada mais que 10 minutos. Muitas pessoas não vão por visualizarem a descida já pensando que depois terão que subir de volta.

José Gonçalves 
A praia de José Gonçalves é pequena, águas limpas, com pequenos pedaços de areia e pedras e bem afastada das outras praias de Búzios. Localizada entre Tucuns e Caravelas, o acesso até ela é feito através de uma estrada de terra. A praia fica dentro da a Reserva Ecológica das Emerências.

Praia Brava
Como o próprio nome sugere, praia de ondas grandes por causa do mar aberto, local ideal para surfar e não indicada para levar crianças. Bons quiosques e restaurantes. Pouco frequentada também por causa da distância do centro e de pousadas. O acesso por trilha no canto direito da praia leva à Olho de Boi, reduto de naturistas. Leva-se em torno de 40 minutos.

Olho de Boi
Escondida entre as encostas dos morros da Praia Brava, a Olho de Boi é uma praia de nudismo, reconhecida mundialmente. Mar limpo e calmo, mas com bastante pedras ao fundo. Praticamente não há estrutura. Procure ler um pouco sobre a praia antes de ir, relatos, depoimentos, algumas pessoas podem ser sentir desconfortáveis e a praia é bem pequena.

Dicas

Um roteiro de 3 a 4 dias, talvez um feriado prolongado seja ótimo para conhecer um pouco de Búzios. Para quem mora perto, é uma cidade perfeita para uma viagem curta. Mas lembre-se, tudo fica muito complicado em Búzios em alta temporada e feriados. Chegue bem cedo as praias e curta a praia de dia, descanse (ou não) no final da tarde e aproveite a noite na Rua das Pedras. Búzios é acolhedor e charmoso, não precisa ser montado roteiro fechado, pesquise as praias que mais quer conhecer e se apaixone pelo balneário.