Quem é apaixonado pelo futebol pode entender um pouco a felicidade do que é assistir a um jogo em campos europeus. E não precisa ser necessariamente uma Champions League para ficar feliz com a experiência. Poderia até ser uma Copa nacional que já estava bom. Hoje eu estou aqui para contar como é assistir a um jogo no San Siro, estádio utilizado pelos rivais Milan e Inter, pelo Campeonato Italiano, o Calcio.

Histórias e Mitos

San Siro
Antes de começar, preciso desmistificar uma história que acontece aqui no Brasil, bem como outros países da América Latina. Conversando com alguns torcedores italianos, todos eles me disseram que tanto os torcedores do Milan, quanto os da Inter chamam o estádio pelo nome de San Siro. Vários jornalistas e historiadores também já desfizeram esse mito de que para os torcedores do Milan é San Siro e para os da Inter é Giuseppe Meazza.

O que acontece é que o estádio fica no bairro de San Siro, inclusive a estação do metrô que vai para o estádio também leva o nome de San Siro e ele foi inaugurado em 1926, sendo batizado com o nome de San Siro. Mas em 1980 o estádio foi renomeado para Giuseppe Meazza em homenagem ao jogador que jogou por ambos os clubes. Somente poucos e os mais fanáticos torcedores da nerazzurri, chamam o estádio de Meazza. Guardada as proporções, é como alguns estádios de futebol no Brasil, como o Maracanã aqui no Rio, que se chama Mário Filho ou o Morumbi, em São Paulo, que se chama Cícero Pompeu de Toledo.


Compra dos Ingressos

O Calcio anda sem prestígio, o campeonato italiano perdeu relevância no cenário europeu, mas para os amantes do futebol, nada isso importa. Por isso, quando decidimos nossa viagem para a Itália, estava certo que veria um jogo na Itália (consegui convencer a patroa a ver dois, mas é para outra história). Comecei a viagem por Milão para pegar um final de semana e consegui comprar ingressos para Inter x SPAL. Na minha opinião a principal parte do planejamento é encaixar os dias que você vai estar em uma cidade com o calendário do campeonato.

O Campeonato Italiano começa em meados de setembro e termina no final de maio. A Copa Tim Itália começa (para os grandes) em janeiro e são poucos jogos até a final em maio. Se formos pensar em Champions League ou Liga Europa, são torneios ainda mais difíceis por causa da concorrência nos ingressos, sem falar no próprio valor. Então, se sua viagem está marcada para o verão europeu, junho, julho e agosto, esqueça o futebol. Se deu sorte ou comprou com intuito de ver algum jogo, o comunicado com o lançamento do pré-calendário, que são os dias das rodadas sai no final de agosto. No dia seguinte ao comunicado sai o calendário oficial com as duas primeiras rodadas, com datas e horários. Em ano de Copa do Mundo e Eurocopa essas datas são um pouco antecipadas. Confira tudo no Lega Serie A.

Para comprar os ingressos online você precisa se cadastrar, seja no site do Milan ou no site da Inter, e depois começar a comprar. Vou seguir o exemplo comprando no site da Inter. Entre no site e clique na área de Tickets:

Depois você uma tela de todos os jogos com os ingressos disponíveis. Clique em BUY e vá para a outra tela.

Na próxima tela, você vai poder passar o mouse pela área do estádio que pretende comprar o ingresso e verá os valores.

Quando clicar na área de preferência, ou na maioria das vezes, que possamos pagar, virá a tela para escolher a quantidade (máximo de 4 assentos) e a localização do assento:

Ao selecionar os seus assentos, voltará para a tela da escolha dos assentos, mas abaixo aparecerá um cadastro. É só preencher, clicar em SUBMIT que você estará na etapa de pagamento.

O ingresso é nominal e você precisa de um documento de identificação, normalmente os seguranças pedem o passaporte e não te deixam entrar com praticamente nada. Mas também é possível comprar os ingressos nas lojas oficiais dos clubes e também outros pontos de venda por Milão. Os preços variam de € 25 a € 125 euros.

Experiência no San Siro

Tudo começa no deslocamento para a linha 5 (M5) do metrô! Vários torcedores no caminho vestidos com a camisa da Inter em direção a estação San Siro Stadio (linha lilás). Quanto mais se aproxima do estádio, mais cheio e amontoado fica o metrô e mais começamos a ver estações com portas automáticas, que abrem somente quando o trem chega e evita acidentes com a aglomeração de torcedores.

Rumo a saída do metrô, demos de cara com catracas de corpo inteiro como barreiras e com contador de pessoas acima, limitando a entrada e saída da multidão, e evitando a superlotação da estação. Assim que um novo trem sai, um novo contador é aberto e as catracas são liberadas. A concentração de pessoas é obviamente maior na saída. Na entrada nem percebemos a existência um contador, mas o que não tem como não notar são os vendedores ambulantes oferecendo desde produtos da Inter a guarda-chuvas.

Os setores do estádio são divididos em cores, informações que facilitam achar o seu lugar. Mas há vários funcionários do jogo (com coletes) direcionando e tirando dúvidas dos torcedores. Dentro e fora do estádio é tudo bastante organizado. O ideal é chegar pelo menos 1 hora antes do jogo para evitar aglomerações e não correr o risco de perder os minutos iniciais. Afinal, o estádio é grande e tem capacidade para um pouco mais de 80 mil torcedores. Há barracas e trailers de bebidas e comidas na frente do estádio. E também há bares na parte de dentro com cachorro-quente, sanduíche, refrigerantes e cervejas.

Nós ficamos na Orange Area, 159, centralizado, com uma visão ótima do campo. Foi caro, mas como era meu primeiro jogo na Itália, eu queria realmente ter uma experiência inesquecível… como realmente tivemos. No fim, o jogo terminou 2 a 0 Inter no SPAL, gols de Mauro Icardi (pênalti) e Ivan Perišić, que por sinal, golaço. Veja abaixo os melhores momentos da partida válida pela 3ª rodada do Campeonato Italiano 2017/18.

Siga e deixe seu like!

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *