Pontal do Atalaia Arraial do Cabo

Arraial do Cabo é um dos 9 municípios situados na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro, e também conhecido como “Caribe brasileiro”. Apelido dado pelas águas cristalinas e areia branquinha de suas praias. Arraial tem algumas das praias mais bonitas do mundo, figurando na maioria das votações. Por falar em praia, são elas que vão definir o seu roteiro. Basicamente, com 3 ou 4 dias com sol são suficientes para conhecer, pois, sua zona urbana é simples e a cidade não possui vida noturna agitada. Voltando as praias, se preparem para as águas geladas, mas acredite, o corpo acostuma.

Como chegar?

Não há aeroportos em Arraial do Cabo, as melhores opções pra quem vem de outros estados são os aeroportos do Galeão (GIG) e Santos Dumont (SDU) no Rio de Janeiro. A partir do desembarque será um trajeto de 2h30 a 3h de carro dependendo do trânsito e do aeroporto.

A opção mais próxima para chegar em Arraial do Cabo é o Aeroporto de Cabo Frio (CFB), distante 10 km. Não é uma opção comum pelo alto preço dos trechos das passagens, mas as 3 maiores companhias aéreas fazem esse trajeto. Apesar dos valores, vale sempre a pesquisa na hora de montar o roteiro.

Uma outra possibilidade bem popular são os ônibus. Pela Viação 1001 você consegue comprar passagem do Rio de Janeiro com destino direto a Arraial do Cabo. Já saindo de São Paulo, seu destino hoje precisa ser Cabo Frio e depois pegar um ônibus intermunicipal, como a empresa Salineiras,  até chegar a Arraial do Cabo. Veja todos os horários e preços das passagens diretos nos links que citamos anteriormente.

Hospedagem

Se o tempo é curto e o roteiro é conhecer as principais atrações turísticas, com certeza o melhor lugar é a Praia dos Anjos. É o lugar de melhor estrutura turística, perto de onde saem os passeios, perto do comércio e próximo também a trilha da Praia do Forno. Não é o melhor lugar para pegar praia, mas é de fato, o local mais prático e estratégico.

O Centro de Arraial não é um lugar turístico e não tem praia. O local é o mais estruturado em termos de comércio, fica na parte central entre 3 praias urbanas: Praia dos Anjos, Praia Grande e Prainha. Definitivamente é a área mais barata para se hospedar.

Há também as regiões da Prainha, Praia Grande, Pontal do Atalaia, entre outras. Tudo vai depender do seu roteiro, do seu orçamento a da sua disposição física. Alguns lugares são mais caros, outros são completamente dependentes de carros, outros mais distantes. Porém, como Arraial é uma cidade pequena, não serão deslocamentos complicados, com exceção do Pontal, local mais exclusivo. Vale lembrar que Arraial do Cabo não tem ainda grandes hotéis e resorts.

Como última opção, temos Cabo Frio. A cidade tem mais ofertas de serviços, hotéis estruturados e fica a menos de 30 minutos de Arraial do Cabo. Decidindo pela hospedagem em Cabo Frio é possível separar o roteiro da viagem em duas cidades diferentes. E quais as principais desvantagens que precisamos levar em conta? Com o maior deslocamento, aumenta-se o o tempo de trajeto. Entradas e saídas de cidades também geram maiores possibilidades de engarrafamentos, diminuindo ainda mais os tempos de passeio.

Onde comer?

Em cidades turísticas é importante encontrar restaurantes fora da avenida ou rua principal para comer barato. Existem vários self-service pela cidade. Os quiosques e restaurantes perto ou a beira da praia são mais caros. Na Praia do Anjos, em torno da Praça do Cova, você pode encontrar restaurantes, bares e costuma ser a área mais “cheia” de Arraial. A Praia Grande também nos oferece uma boa estrutura de gastronomia e, além disso, os restaurantes atraem turistas para contemplar o famoso por do sol da cidade.

É importante falar também de alguns restaurantes conhecidos, como a Casa Da Piedra, em frente a Igreja Nossa Senhora dos Remédios. Também famoso é o Pimenta Rosa Gastronomia, na Praia dos Anjos. Outro na Praia do Anjos é o autêntico restaurante português Bacalhau do Tuga. Por fim, talvez o restaurante mais tradicional de Arraial do Cabo seja o Restaurante Saint Tropez, localizado na Praça do Cova, especializado em frutos do mar, porém, com cardápio variado.

O que fazer?

Bom, o grande destaque de Arraial do Cabo são as praias e tudo que as envolve. A ideia não é apenas curtir as praias e suas belezas, mas as diversas formas de aproveitá-las. São passeios de barco, mergulhos, trilhas, passeio de buggy, voo de parapente e também esportes aquáticos como, surfe, kitesurfe e o stand up paddle (SUP). Dessa forma, conheça as praias que impressionam a todos.

Prainhas do Pontal do Atalaia

Escada Prainha Pontal do Atalaia

Sempre figurando nas votações das praias mais bonitas do Brasil e do mundo, as praias do Pontal do Atalaia são os destaque de Arraial do Cabo. O Morro do Pontal do Atalaia fica numa região mais isolada, aberta ao público, mas dentro de um condomínio. Costuma-se restringir o públicos na movimentação de veículos, principalmente em alta temporada. Organize-se para chegar cedo, há poucas vagas de estacionamento. É o local da tradicional foto na escadaria de madeira e da Gruta do Amor, que fica no canto esquerdo da escadaria e pode ser acessada facilmente com a maré baixa.

Ir de carro garante autonomia para entrar e sair (fiquem ligados apenas no limite diário de 250 carros na alta temporada), mas existem outras duas opções também. A primeira opção é a partir de uma trilha que começa na Prainha (na entrada da cidade), ao lado do Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira, com duração média de 1 hora. A segunda opção é ir de barco. Os passeios de barco e escunas incluem outras praias no roteiro. A Primeira Classe Tour e a Arraial Viagens são empresas que fazem esses passeios e você encontra valores a partir de R$ 70,00. Alguns barqueiros fazem o trajeto até a praia por R$20 ou R$30 reais, ida e volta, combinando o retorno.

Nas praias não existe infraestrutura. Não há banheiros, quiosques, barracas, portanto, leve o que precisar. Além disso, chegue bem cedo, principalmente nos finais de semana e feriados, o acesso a região está liberado a partir das 6h da manhã. Nessa região, chamamos de prainhas, no plural, porquê são duas praias separadas por uma rocha que, durante a maré cheia, acabam se tornando uma. Durante a maré baixa, podemos andar entre as duas praias.

Praia do farol

Praia do Farol

O nome da praia vem da presença de dois faróis instalados na ilha. A Praia do Farol fica em uma reserva de proteção ambiental que pertence a Marinha, onde só é possível 250 pessoas por vez a cada 45 minutos. É de fato uma praia paradisíaca, só pode ser acessada de barco, e autorizados pela Marinha. Todos os barcos que fazem esse passeio fazem praticamente o mesmo trajeto. Saem do cais da Praia dos Anjos, seguem para a Gruta Azul e faz mais duas paradas, uma na Prainha do Pontal do Atalaia e outra na praia do Forno. Dura em torno de 5 horas e gira em torno de R$ 100,00.

Praia do forno

Praia do Forno - Mirante

A Praia do Forno é mais uma das praias de Arraial do Cabo que não podem ser acessadas de carro. Existem duas formas de chegar na praia: trilha ou barco. A primeira trilha é bem tranquila, dura mais ou menos 20 minutos e começa próximo à entrada do píer da Praia dos Anjos, bastante comum entre os turistas. A segunda começa no canto direito da Prainha e a caminhada ganha intensidade até o Mirante da Cabocla. Depois é descida em mata fechada até a Praia do Forno. São 4km de percurso. A trilha vinha sendo evitada por alguns guias por ser rota de fuga para traficantes, vale a informação prévia.

A outra opção é pegar um barco-táxi, que custa em torno de R$ 12,00 o trecho. A Praia do Forno é linda, com águas claras e cristalinas. Além disso, é uma praia com grande infraestrutura, aluguel de barracas e cadeiras, banheiros e restaurantes. Há também equipamentos para aluguel de snkorkel e caiaques.

Praia grande

Praia Grande Arraial do Cabo

A Praia Grande é a mais central e popular da cidade. Faz jus ao nome, pois tem uma extensa faixa de areia. Justamente pelo tamanho, possui trechos com grande infraestrutura e regiões mais isoladas. Como é voltada para o mar aberto, possui ondas fortes que atraem os surfistas. Os quiosques, como falado anteriormente, são caros, bem como o estacionamento e também os ambulantes e flanelinhas. O seu canto esquerdo é o mais urbanizado e perto do Centro.

Mas a praia tem duas atrações bem conhecidas. A primeira delas é o por do sol, um dos mais lindos de Arraial. Podendo ser visto em vários pontos da extensa praia ou pela vista privilegiada no Mirante da Boa Vista. O segundo lugar viralizou nas redes sociais pelas fotos instagramáveis. O local é o Deck dos Pescadores. Basta chegar ao final da Praia Grande, perto dos quiosques em direção a Praia dos Anjos e seguir a estradinha. Além do visual surreal, é possível pular (bomba) do deck para as águas verdes. Os pescadores cobram uma taxa de R$5,00 ou R$ 10,00 (dependendo da época) pra ajudar na manutenção do local.

Ao fim da estradinha mencionada acima existe uma bifurcação. seguindo a direita fica no Deck dos Pescadores e a esquerda, numa escadinha que passa atrás da sede da Associação dos Pescadores, encontramos a Janela do Céu, mais um dos lindos mirantes de Arraial do Cabo. E nesse meio tempo, com um pouco de sorte, você vai conseguir ver algumas tartarugas subindo à superfície.

Praia dos anjos

Praia dos Anjos

A Praia dos Anjos foi muito falada anteriormente em vários tópicos. É daqui que saem os passeios de barcos para outras praias da cidade. Apesar de muito acessada e movimentada, não é apropriada para banho. Na região também fica a Igreja Nossa Senhora dos Remédios, construída em 1506, onde foi realizada a primeira missa em ambiente fechado no Brasil. Enfim, praia boa para descansar, praticar esportes na areia, aproveitar sua estrutura, partir para tours em outras regiões e como dito na hospedagem, local estratégico para estadia.

Prainha

Prainha Arraial

É a primeira praia que vemos ao chegar de carro na cidade. Praia tranquila e pequena, de mar azul clarinho e ondas calmas. Bom para crianças, possui uma grande variedade de quiosques que disponibilizam aluguel de barracas e cadeiras. Além disso, caiaques e pranchas de stand up paddle também podem ser alugados. Quando a maré baixa, no canto direito da Prainha há uma trilha que leva até a Praia da Graçainha. São apenas 10 minutinhos de caminhada. Vale a visita!

Praia brava

Praia Brava Arraial do Cabo

A Praia Brava de Arraial do Cabo é um lugar mais afastado e reservado, uma das praias mais vazias da região e localizado dentro do condomínio Pontal do Atalaia, no Parque Estadual Costa do Sol. Para chegar você pode parar o carro perto da Pousada Tanto Mar e ir caminhando. Acessada apenas por trilha (300 metros) e posteriormente através uma escadaria íngreme, o final da descida é feito pelas rochas. Durante esse trecho você já desce visualizando o mar. A praia, que possui apenas 200 metros de extensão, costuma sumir na maré alta. E por isso, durante a maré alta, esqueça a praia.

O mar é bem agitado e muito procurado por surfistas. Não há qualquer tipo de estrutura de comércio.

Fique atento em não confundir a Praia Brava de Arraial do Cabo com a Praia Brava de Cabo Frio, homônimas, pois a de Cabo Frio tem um trecho para praticantes do nudismo. Vai que, né?!

Conclusão

Vocês puderam perceber que tudo em Arraial do Cabo gira em torno das praias, podemos dizer que o mar é o grande ponto turístico. É um excelente lugar se você quer descansar e e contemplar sua beleza natural. Tudo é muito acessível e o que realmente vai decidir seu roteiro é quantos dias você tem no planejamento e quais praias você quer visitar.

Se você tem mais tempo para aproveitar a Região dos Lagos, não deixe de incluir Cabo Frio ou Búzios no roteiro. De Arraial a Cabo Frio são 20 minutos em trânsito normal e para Búzios gira em torno de 1 hora. Ambas as cidades são mais estruturadas do que Arraial do Cabo.

Deixe um comentário