Siena

Siena na Toscana

Siena é uma cidadezinha da região da Toscana que ainda preserva a arquitetura medieval. Rica em arte e cultura e que segundo a mitologia romana, foi fundada por Senio. Após a morte de Remo, morto por Rômulo por causa da disputa do poder, do reinado em Roma, seus descendentes Remo, Senio e Ascanio fogem em direção à Etruria (onde é a Toscana). Lá eles fundaram a cidade de Siena, nome em homenagem ao irmão mais velho Senio. E do nome Senio, nasceu Siena.

A cidade fica em uma de três colinas e basta olhar sua arquitetura para perceber que parou na Idade Média, séculos XII e XV. Suas ruas estreitas, seus becos, sua praça do século XVIII nos trazem para uma experiência de volta ao passado que não te faz esquecer. E Siena é uma cidade para andar a pé, pois no antigo centro histórico somente residentes e taxistas são autorizados a dirigir.

Onde comer?

Vou deixar duas dicas e esperar pela decisão de vocês para escolher a melhor. Ambas possuem bom atendimento e preços em conta. O primeiro dos restaurantes vai para a Trattoria Barbieri. Restaurante que segue a arquitetura da cidade, rústico, com bom vinho e ótimos nhoques e lasanhas, inclusive com tartufos, que são os pratos com trufas.

O segundo dos restaurantes é a Osteria Cice. É um local típico italiano, simples, espaço pequeno, mas com saborosas comidas e bastante indicado pelas pessoas e hotéis. Talvez possa ser interessante fazer reserva dependendo da época do ano que você vá.

O que fazer?

Siena foi construída no entorno da Piazza del Campo, também chamada pelos moradores de Il Campo, e por ela começamos.

Piazza del Campo

No coração da cidade eram organizados torneios, jogos, espetáculos e a famosa corrida de cavalos, o Palio, que tradicionalmente ainda acontecer duas vezes por ano. O Palio realizado no dia 2 de julho é chamado Palio di Provenzano, em homenagem à Madonna di Provenzano.  Já o Palio do dia 16 de agosto é realizado em louvor à Nossa Senhora da Assunção (Palio dell’Assunta). A dica aqui é chegar mais cedo e pegar os melhores lugares em pé ou pagar para ter uma posição mais confortável (e menos quente) nas varandas dos prédios com vista para o espetáculo. A segunda opção pode ser muito cara, mas é a melhor aposta para conseguir um lugar bom e deve ser visto com muita antecedência, algo em torno de 6 meses antes.

Piazza del Campo, Siena

Vou deixar alguns materiais para ajudar. A explicação dos eventos é extensa, então o texto do próprio Palio di Siena pode te direcionar com bastante informações, bem como o site da cidade de Siena. Todo o mecanismo do evento você encontra no The Siena Palio and its Contrade. Eu fui a Siena, não na época no Palio, mas pesquisando encontrei 3 sites que podem ser o início dos seus bilhetes para o Palio. São eles: Jacopo, Dario Castagno e Palio Tours. Aproveitem!

Ao chão da Piazza del Campo encontramos um piso feito de tijolos vermelhos em forma de espinha de peixe. No topo da praça podemos ver a Fonte Gaia e na parte mais baixa temos o Palazzo Comunale, também conhecido também como Palazzo Pubblico, com a famosa Torre del Mangia. A famosa torre tem 87 metros de altura ou 102 metros contando com os para-raios. O bilhete custa € 10,00 e são mais ou menos 400 degraus. Tenha fôlego para pelo menos 30 minutos subindo.

Palazzo Pubblico, Siena

O Palazzo Pubblico é um prédio imponente construído entre o final do século XIII e a primeira metade do século XV. O local abriga também o Museu Cívico, onde estão expostas várias pinturas, esculturas e afrescos que contam um pouco a história da cidade. O bilhete custa € 9,00. E por fim, ainda na parte inferior do prédio, temos a Cappella dellaVergine, também chamada de Cappella di Piazza.

Piazza del Campo também serviu de locação para Daniel Craig, no filme do James Bond, Quantum of Solace.

Duomo di Siena

Duomo di SienaUma das principais atrações e pontos turísticos da cidade é o Duomo de Siena. A Catedral de Santa Maria Assunta, além de chamar muita atenção com sua fachada no estilo gótico, possui muitas jóias e tesouros no seu interior. Os desenhos em mármore espalhados pelo chão impressionam pelos detalhes. Nicola Pisano, Duccio, Antonio Federighi, Donatello, Pinturicchio, Domenico Beccafumi, Michelangelo e Bernini, são apenas alguns dos artistas que trabalharam suas artes na Catedral.

A Catedral é formada pela catedral em si, a Libreria Piccolomini, o batistério di San Giovanni, a cripta, o Museo dell’Opera e o mirante, chamado Panorama dal Facciatone. É possível acessar todos os locais com um passe único economizado 50% se fosse pagar cada entrada separado. O ingresso combinado (Opa Si Pass) custa entre 9 e 14 euros pela internet dependendo da época do ano e vale por 3 dias. Os ingressos também podem ser adquiridos separadamente. Mais informações no Siena Opera Della Metropolitana.

Santa Maria della Scala

O Complesso Santa Maria della Scala está localizado em frente ao Duomo di Siena e antigamente era um hospital dedicado a cuidar de pobres, crianças abandonadas, enfermos e peregrinos, financiado por doações. Foi um dos primeiros da Europa e do mundo. Hoje ele é um dos mais importantes museus de Siena. A entrada custa € 9,00.

5º, 6º e 7º Níveis:

  • L’ospedale delle donne;

4º Nível:

  • Atrio (entrada principal do hospital)
  • Cappella del Manto
  • Passeggio (antigo local de encontro do hospital que hoje abriga grupos de esculturas)
  • Sala San Leopoldo (Museo d’Arte per Bambini, sede da coleção do Museu de Arte para Crianças)
  • Sala San Giuseppe (moldes de gesso do escultor Tito Sarrocchi)
  • Sala San Pio (galeria de imagens, que contém pinturas de conventos, oratórios e igrejas)
  • Pellegrinaio (enorme enfermaria)
  • Sala Sant’Ansano e Sala San Galgano (ruas)
  • Sagrestia Vecchia (antiga sacristia)
  • Cappella della Madonna
  • Chiesa della Santissima Annunziata (Igreja)
  • Cappella delle Fanciulle

3º Nível:

  • Fienile (onde se localiza a fonte original de Gaia)
  • Oratorio di Santa Caterina della Notte
  • Corticella (polo de distribuição dos caminhos medievais)
  • Magazzini della Corticella (onde fica o tesouro de Santa Maria della Scala)

1º e 2º Níveis:

  • Museo Archeologico (Museu Arqueológico da Cidade)
  • Compagnia di Santa Maria sotto le Volte (patrimônio artístico)
  • Chiasso di Sant’Ansano (antiga via coberta da cidade)

Bottini

Museo dell’Acqua. Bottini, SienaÉ difícil imaginar que as fontes de Siena são alimentadas por uma rede de 25 km de túneis, que ainda hoje trabalham. Siena está no topo de uma colina e não é cortada por um rio como a maioria das outras cidades, por isso, para suprir o abastecimento d’água, esses túneis, chamados de bottini, recolhem as águas de chuva das colinas e as levam para cada uma das fontes. É uma técnica de abastecimento singular no mundo.

O prédio do Museo dell’Acqua fica ao lado da Fontana di Pescaia, permite a visita no final do tour ao bottini que alimenta essa fonte. A visita é feita apenas por reserva ou comprando a entrada online. No Comune Siena você encontra o link e o valor da entrada é de € 10,00. Para conhecer o Bottino Fontenuova e Bottino Fontegaia é preciso de reserva através dos números: 0577 / 292614/5, de segunda a sexta-feira das 9h00 às 13h30 ou enviando um e-mail para ticket@comune.siena.it (indicando a data, o número de participantes e número de telefone).

Siena Fonti di Pescaia

Hoje você também pode fazer um tour promovido pela Associazione de La Diana, organização de voluntários que cuida do patrimônio histórico ligado à distribuição de água de Siena. Há um acordo com o município de Siena no qual a organização se compromete a oferecer guias gratuitos para visitas aos bottinis e a Fonte delle Monache, mas são meses para conseguir uma vaga.

Basilica di San Domenico

Localizada próxima a entrada no centro histórico, Basílica chama bastante atenção de todos por causa da grandiosidade. Possui 3 capelas nos seu interior e apesar do tamanho por fora, é simples por dentro. O que impressiona são as relíquias de Santa Catarina de Siena, padroeira da Itália e Capela de Santa Catarina, onde fica a cabeça e o polegar de Santa Catarina.

La Casa Natale di Santa Caterina

La Casa natale di Santa Caterina - Portico Comuni em SienaO local de nascimento de Santa Caterina da Siena foi transformado em um santuário em 1464 e lá estão guardados muitos testemunhos relacionados à sua vida. O trabalho de Santa Catarina foi restabelecer a paz entre as cidades italianas. O local conserva o quarto e utensílios da Santa e possui uma lojinha onde vende vários artigos religiosos. No fundo há uma varanda chamada de Portico dei Comuni, ou Pórtico dos Comuns, com uma vista para a cidade e um pequeno museus. O santuário se afasta um pouco do centro histórico

Fortezza Medicea

Localizada fora do centro histórico, a Fortezza Medicea ou Forte di Santa Barbara é um parque público usado para prática de atividades físicas. O forte foi construído no local de um forte anterior e encomendado por Cosimo di Medici. A fortaleza foi desmilitarizada apenas no final do século XVIII, altura em que se tornou parte da vida pública da cidade. Hoje é um bom lugar para ver o por do sol e a vista panorâmica do Duomo di Siena.